Essa garota tentou imitar o exercício de uma musa fitness mas acabou fraturando a coluna

Entretenimento | 12 de abril de 2017 por Diogo Quiareli

Fazer exercícios e se manter em forma é uma coisa que muitas pessoas pretendem mas não é um simples tarefa e, quando realizada de forma incorreta pode trazer diversos danos físicos para o seu corpo. A falta de qualquer atividade pode causar um grande mal a sua vida como um todo, mas o exagero também é bastante prejudicial e as vezes até pior já que o dano é instantâneo e não tem como evitar quando já aparece. Uma prova disso é a Maria Eugênia, de 31 anos que tem uma história uma tanto complicada e enfrentou um grande drama na vida.

Maria Eugênia é de Recife (PE) e em 2013 ao realizar um exercício que viu na internet acabou perdendo os movimentos de suas pernas e ficou então paraplégica. Na época a mulher era muito ativa, fisicamente falando e praticava outros exercícios como: Kung Fu e Crossfit. Mas ao tentar realizar um tipo de abdominal conhecido como “morcego”, acabou iniciando uma das, senão, maior luta de sua vida.

“Na época, estava começando esse negócio de blogueira fitness e, como eu estava tentando voltar à forma, eu seguia tudinho, as dicas, alimentação e tudo mais. Esse exercício, eu vi em uma dessas páginas.” afirmou ela. Para realizar esse exercício, a pessoa tem que pendurar com as pernas em uma barra e ficar de cabeça para baixo, sendo necessário a ajuda de um caixote ou algo do tipo. Enquanto ela fazia o exercício, acabou escorregando e caindo, machucando-se gravemente.

Ela ainda disse: “Não sei se estava mais suada ou cansada que o normal, pois já tinha realizado o mesmo exercício antes. Foi um acidente, claro que ninguém espera se machucar. Eu bati o braço e a cabeça no caixote e caí sentada, por isso quebrei a vértebra. Foi uma fratura de explosão”. A queda foi gravada e deixaremos o vídeo para que possam ver:

Após cair, ela diz que tentou se levantar mas não conseguia pois não estava sentindo suas pernas. Isso aconteceu porque quebrou sua primeira vértebra da lombar, a chamada de L1. Como estava ainda com o corpo aquecido pois acabara de malhar, sou sentiu dor cerca de 30 minutos depois e ela ainda comenta:

“Era uma dor que até hoje eu não sei descrever. É muita dor, é uma dor que arde, queima porque, quando a vértebra quebrou em várias partes, ela saiu do lugar e apertou a medula”. A moça passou por uma cirurgia onde teve que colocar alguns parafusos e hastes e submetida a sessões de fisioterapia para conseguir o movimento dos membros inferiores novamente.

E aí, o que você achou dessa matéria? Comenta pra gente aí em baixo e compartilhe com seus amigos.

Fonte(s): Vix
Imagens: O fuxico
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.

Comentários