Conheça o “Blood” a nova droga que é feita de sangue humano

Curiosidades | 12 de julho de 2017 por Gustavo Camargo

O uso de substâncias ilegais é um problema em que muitas famílias enfrentam. Muita das vezes o usuário que já se encontra viciado em alguma droga, tem sérias chances de tomar atitudes drásticas para sempre conseguir mais para o próprio consumo.

Mas o que faz uma substância ser proibida? As drogas ilícitas são substâncias proibidas de serem produzidas, comercializadas e consumidas. Em alguns países, determinadas drogas são permitidas sendo que seu uso é considerado normal e integrante da cultura. Tais substâncias podem ser estimulantes, depressivas ou perturbadoras do sistema nervoso central, o que perceptivelmente altera em grande escala o organismo. Por serem proibidas, as drogas ilícitas entram no país de forma ilegal através do tráfico que promove a comercialização negra, ou seja, a comercialização feita sem a autorização das autoridades.

Mas recentemente, as autoridades de todo o mundo estão totalmente em alerta, por causa de uma nova droga que surgiu recentemente. Começou a circulação no Estados Unidos, após algumas apreensões feitas pela polícia, foi feita a confirmação da existência da nova droga chamada “Blood”.

Essa nova substância pegou de surpresa as autoridades. Ela é de cor vermelha e essa cor não é atoa, já que ela é produzida com a mistura de sangue humano com fentanyl (analgésico de opiáceos de extrema potência).

Quando foi feita a primeira cola de amostra da droga, foram encontradas 13 diferentes substâncias além de sangue e fentanyl. Alguma delas são: THC, metanfetamina e efedrina.

A droga é injetável, o que dá mais preocupação para especialistas por conta da transmissão de HIV e outros vírus. Além dessa preocupação, outra é a incompatibilidade sanguínea. Se uma pessoa receber sangue de um tipo que ela não seja compatível, poderá ser vítima de uma reação imunológica que pode levar a morte da pessoa.

E ai, qual a opinião de vocês para essa nova droga? Comenta ai e não se esqueça de compartilhar com os amigos, lembrando que seu feedback é sempre muito importante.

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.

Comentários