Artista deixou um vestido no Mar Morto durante 2 anos e o resultado é incrível

Ciência e Tecnologia | Curiosidades | 13 de outubro de 2016 por Victor Prado

mar-morto

Todo mundo sabe que os artistas estão aqui para fazer qualquer tipo de coisa para mostrar sua arte. Mas não se preocupe, nessa matéria você não vai ver pessoas verificando as partes intimas de outras pessoas, nem quadros normais pintados com tinta guache. O resultado dessa experiência vai te deixar de queixo caído. Um vestido, o Mar Morto e muita paciência.

O projeto se chama Salt Bride, que na tradução serial algo como Noiva de Sal. O artista israelense Sigalit Landau resolveu colocar esse vestido preto no Mar Morto e deixar com que ele descanse durante 2 anos.

Todo o ensaio fotográfico foi baseado em uma peça que se chama Dybbuk, 1916, escrita por S. Ansky. Na peça uma mulher é possuída pelo espirito de seu amante. O vestido que é usado para fazer o ensaio é uma réplica do usado na peça.

mar-morto

Cristalização

mar-morto

Landau estava esperando o resultado e sabia que a cristalização da forma que ele queria só aconteceria depois de um bom tempo. Ele sempre acompanhou o vestido, tirando fotos incríveis de cada etapa.

mar-morto

Como já dito, foram dois anos de trabalho e o ensaio foi exposto no Marlborough Contemporary.

mar-morto

Outros Trabalhos

mar-morto

O artista não tem apenas um trabalho com cristalização. Ele tem vários outros, como você pode ver na foto acima, e caso queria conhecer outros trabalhos do artista, basta entrar nesse link e ver todas as obras dele que tem esse tema.

Nessa página você pode ver não só o incrível vestido, mas também sapatinhos de crianças, uma bandeira, um apanhador de sonho, e por aí vai, todos com crostas de sal.

E aí, o que achou desse trabalho incrível? Comenta aí e compartilha com seus amigos.

Fonte(s): Bored Panda
Imagens: Sigalit Landau
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.

Comentários