80 pessoas se uniram no mar por um motivo desesperador

Curiosidades | 17 de julho de 2017 por Gustavo Camargo

Quando uma família decide fazer uma viagem ou um passeio na praia, talvez uma das maiores preocupações dos pais, seja seus filhos entrarem no mar.

Todos os anos, são relatados diversos tipos de tragédias em praias por conta da desatenção de pais com seus filhos. E é exatamente isso que essa história se trata.

A família de Roberta Ursrey, uma mãe de 34 anos, junto de seu marido, seus dois filhos e sobrinhos, estava preste a passa um dia muito desagradável na praia.

O acontecimento se passa na Flórida. Roberta estava fora da água quando ela nota que seus filhos de 8 e 11 anos de idade tinham sumido de perto dela. Ela procurou desesperadamente seus filhos e os localizou na água. Quase na mesma hora as crianças começarem a gritar e disseram que não conseguiam voltar para terra firme.

Pessoas presentes ali logo perceberam que estava acontecendo algo. Seu marido Bryan, sua mãe pularam na água para tentar resgatá-los. Mas infelizmente, o mar não parecia querer ajudá-los, e a corrente também os levou para longe.

Jessica Simmons e seu marido Derek estava passando o dia na praia quando viram a situação de Roberta e sua família. A mulher levou em consideração uma ideia que teve para resgatar aquelas pessoas. Seu marido logo começou a trazer as pessoas ali em volta rapidamente para formarem uma corrente humana.

Um total de 80 pessoas deram as mãos para salvar a família. Mas para chegarem até la, existia uma profundidade de 4,5 metros e o trajeto chegava a mais de 90 metros de comprimento para alcança-los. Quando finalmente conseguiram alcançar, a mãe de Roberta, Franz, de 67 anos, estava desacordada.

Todos as pessoas da família foram resgatados pela corrente humana. Franz teve uma ataque cardíaco na ambulância e está em tratamento intensivo, enquanto Justin, um dos sobrinhos de Roberta, quebrou a mão.

E ai, o que acharam da matéria? Comenta ai e não se esqueça de compartilhar com os amigos, lembrando que seu feedback é sempre muito importante.

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.

Comentários