7 histórias reais que vão te provar a existência do Karma

Curiosidades | 28 de julho de 2017 por Gustavo Camargo

Você sabe o que é o Karma? O Karma significa ação, em sânscrito (antiga língua sagrada da Índia) é um termo vindo da religião budista, hinduísta e jainista, adotado posteriormente também pelo espiritismo.

Para alguns físicos essa simples palavra pode significar que: “Para toda ação existe uma reação de força equivalente em sentido contrário”, ou seja, para cada ação que um indivíduo pratica vai haver uma reação, dependendo da religião o sentido da palavra pode ser diferente, mas usualmente é relacionada a ação e suas consequências.

Pensando nisso, nós do Ultra Curioso, listamos para vocês algumas das histórias que são praticamente ligadas ao Karma:

1 – Henry Ziegland

Em 1883, Henry Ziegland terminou com sua namorada,e logo após a garota veio cometer suicídio. O irmão da menina inconformado com tudo aquilo, caçou Ziegland e atirou nele e logo depois atirou em si mesmo. Mas Zieglando não estava morto, a bala apenas roçou a cabeça de Henry. O fragmento da bala se alojou em uma árvore, anos depois, Ziegland decidiu se livrar da árvore, que era bastante grande até então. Ele decidiu explodi-la com dinamite. A explosão fez com que a bala fosse diretamente na cabeça de Ziegland, o matando.

2 – Philip A. Contos

Em 2011, um homem chamado Philip A. Contos era um dos 550 motociclistas que participaram de uma reunião de lei anti-capacete em Onondaga, Nova York. Tempo depois ele estava andando com sua moto e foi jogado sobre o guidão e acabou batendo a cabeça. Ele foi declarado morto em um hospital pouco depois. Alguns soldados do estado disseram que provavelmente teria sobrevivido se estivesse usando um capacete.

3 – Klue

Sábado, 13 de agosto de 1966: em resposta aos comentários de John Lennon de que os Beatles eram “mais popular do que Jesus”, a estação de rádio Klue em longview, no Texas, organiza uma das primeiras queimadas em massa de mercadores e discos dos Beatles.

Domingo, 14 de agosto de 1966: o brilho atinge a torre de transmissão da estação de rádio de Klue danificando equipamentos de transmissão, deixando o diretor de notícias inconsciente forçando todos a deixarem a estação.

4 – John Sedgwick

John Sedgwick, da União Geral do Exército Guerra Civil Americana, moveu suas tropas para se esconder para evitar ser baleado por atiradores confederados. Ele foi flagrado dizendo que “eu tenho vergonha de vocês. Eles não podem nem atingir um elefante nessa distância “. Momentos depois, ele foi baleado e morto por uma bala entre os olhos.

5 – Csanad Szegedi

Csanad Szegedi, um político húngaro antissemita que é famoso por seus discursos contra os semitas, descobriu em um antigo campo de extermínio de auschwitz que há registros de seus avós lá, provando que ele se originou de uma família judaica. Desde que ele descobriu isso ele renunciou de seu cargo.

6 – Mel ignatow

Mel ignatow foi absolvido pelo assassinato da namorada Brenda Sue Schaefer em 1988. Algumas imagens divulgadas pela mídia, então, apareceram deixando claro que a jogou em uma mesa de vidro em seu apartamento e a assassinou brutalmente. O juiz impediu um novo julgamento, e então ele passou apenas 8 anos por perjúrio. Após a libertação, ele bateu a cabeça e cortou o braço na mesma mesa de café. Mel ignatow morreu lentamente e sozinho de todas as lesões que tinha sofrido.

7 – Sigurd Eysteinsson

Já ouvi falar de sigurd Eysteinsson? Ele cortou a cabeça de uma pessoa e, em seguida, ele a levou junto quando voltou para sua casa. No entanto, enquanto ele carregava a cabeça o dente do falecido passou pela pele de Sigurd no caminho de volta. Dentro de dez dias, Sigurd morreu de infecção.

E ai, o que acharam dessa lista? Gostou? Comenta ai e não se esqueça de compartilhar com os amigos, lembrando que seu feedback é sempre muito importante.

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.

Comentários